quarta-feira, 23 de setembro de 2015

E FOMOS CONHECER O CONTROVERSO THE SHARD EM LONDRES...

Por Bia Parra



 Dando continuidade ao #londonforsisters... fomos conhecer o muito controverso The Shard!!
Gritaram, xingaram, espernearam, mas ele está lá...e vou dizer, lindo!!!

Ao andar pelas ruas de Londres ao longo do Tâmisa, logo conseguimos avistar esta obra monumental em forma de um gigantesco estilhaço de cristal (significado do nome The Shard). É elegante, sem dúvida, assim como imponente, impactante e quase intimidadora, se não fosse pelo encantamento que sentimos logo que nos aproximamos.

A impressão é de medo e embelezamento, terror cientifico e conto de fadas moderno e uma fundamental certeza... impossível ficar indiferente!!!

Destoante da paisagem que trazemos de Londres, este edifício com seus 310 metros de uso misto (residencial e comercial) é o prédio mais alto da Europa.  A obra foi assinada pelo famoso  arquiteto italiano Renzo Piano, que mesmo aos 74 anos continua se reinventando e causando muita, muita polêmica (quem não se lembra do furor do cubo do Centro Georges Pompidou em Paris?).
Sua estrutura é revestida  por 11 000 painéis de vidro  de tamanhos diferentes e que refletem o céu e os raios do sol o que o deixa lindo, brilhante com um cristal. Assim a vista de 360° lá de cima no topo de seus 95 andares é algo deslumbrante.

A visitação:
Os tkts são comprados na parte de baixo dentro da lojinha com valores a partir de 30,00 libras por pessoa. Podem ser comprados com antecedência neste link: http://www.theviewfromtheshard.com/en/tickets-packages/

Os elevadores modernos  (bem geladinhos pra quem tem claustrofobia – eu!!) trabalham bem rapidinho em duas etapa, como no edifício Itália em SP para chegarmos ao topo.

Assim que chegamos o impacto é inevitável!!! Dá para ver Londres inteirinha mesmo. Promessa feita é promessa cumprida!! Mesmo o mais cético e conservador de todos os londrinos, tenho certeza, se rendeu à beleza de poder ver a cidade de forma tão grandiosa.

O must to do:
Audio guias são fornecidos de forma gratuita em pelo menos  7 idiomas (inglês, francês, espanhol, chinês, japonês, italiano e alemão). È muito bacana pega-los pois vão contando a história da formação de Londres e conforme vamos dando a volta de 360° os monumentos vão sendo localizados e explicados.

O que achei fraco:
Ainda no andar superior ao mirante (acesso pela escada) é possível tomar uma taxa de champagne ou algo parecido em um espaço que revestiram de grama sintética e puseram umas cadeirinhas  de praia. Na verdade não gostei, achei meio brega e sem charme. Fugimos dali bem rapidinho.

Pode até ser legal:
Durante sua visitação terão funcionários do serviço do The Shard que se oferecerão para tirar fotos que podem ser compradas depois. Achamos este serviço carérrimo (uma vez que depois do self todos nos habilitamos a fotógrafos honorários) e de verdade não gostamos de nenhuma foto tirada, mas vimos pessoas simplesmente deliciadas, então fica a critério de cada um.

Dica de sucesso:
The Shard fica ao lado do Borough Market, ou seja, o ideal é já visitar os dois com a condição imperativa do The Shard ser o primeiro, afinal você não vai querer carregar todos os azeites, azeitonas, mel e queijos que comprar no mercado não é?! E não se engane, você vai comprar tudo isso!!


Um beijo e até mais

4 comentários:

PAZIAM disse...

ja foram conhecer os restaurantes MADE IN BRASIL e MADE IN BRASIL BOTECO em Candem Town? Sao o máximo... inclusive receberam foram premiados esse ano como mellhor restaurante de comida Latina da Inglaterra.
merece a visita

Bia Parra disse...

Que espetáculo Paziam... vamos sim adorei a dica!!
Saudades de você..bj

PAZIAM disse...

legal Bia - o meu irmão é o proprietário RENATO PAZIAM e seguramente ira lhe receber com pompa e circustancia...
beijos

PAZIAM

Bia Parra disse...

Paziam que delicia!! Vou adorar, será um grande prazer e depois postaremos também!!
Grande beijo e apareça, Bia